Saiba como fazer seu cadastro no CIEE e fique por dentro das oportunidades de estágio e programas de aprendizagem

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma associação que realiza uma série de programas, dentre eles treinamentos e programas de estágio e aprendizagem para adolescentes e jovens estudantes, para que estes possam ingressar ao mercado de trabalho.

O principal intuito do CIEE é localizar, para os alunos dos Ensinos Médio, Técnico e Superior; oportunidades de estágio ou aprendizado que os possibilitem colocar em prática seus conhecimentos adquiridos na teoria.

Através de seu site oficial, o CIEE permite que os alunos tenham acesso às oportunidades de estágio ou de Jovem Aprendiz, sem precisar se deslocar a uma unidade física da associação.

No entanto, apesar de poder ser acessado por qualquer internauta, o site possui algumas restrições, que apenas usuários cadastrados no portal têm acesso. Somente com o cadastro no site o aluno consegue visualizar as oportunidades oferecidas.

Por que se cadastrar no portal CIEE

O CIEE cadastro deve ser efetuado de acordo com o perfil do usuário: Estagiário ou estudantes em busca de programas de estágio, jovem aprendiz, cursos, oficinas de capacitação e palestras.

Tendo feito seu cadastro, o aluno terá acesso a todas as oportunidades de estágio e aprendiz na sua região e em todo Estado, podendo se inscrever na vaga que lhe interessar. É importante dizer que, quando o estudante se inscreve em uma oportunidade, ele não pode se inscrever em outra.

Vale lembrar que as instituições de ensino que desejam se tornar parceiras do Centro de Integração Empresa-Escola também deve fazer o cadastramento e seguir o procedimento indicado no site.

Como se cadastrar no CIEE

Para dar início ao processo de cadastramento no portal do CIEE, o aluno deve primeiramente indicar no mapa do site o Estado em que reside e o seu tipo de perfil.

Em seguida, será necessário informar alguns dados pessoais, tais como nome completo, data de nascimento, número do CPF, RG, instituição de ensino, nível de escolaridade (se for Nível Superior, nome do curso e o semestre que está frequentando), entre outras informações.

Criada a conta no CIEE, o aluno deverá acessar o seu login, informando o e-mail e a senha. Pronto!

Para aqueles que fizeram seu cadastro no CIEE no passado e não lembram a senha, ou simplesmente não têm certeza se a conta ainda é existente é possível fazer a verificação de cadastro através do endereço: https://www.ciee.org.br/portal/estudantes/cadastro/verifica_cad_existe.asp, informando o seu número de CPF e RG.

Dieta Low Carb – Rápida e Fácil com Livro de Receitas

Na hora de perder peso a primeira coisa que devemos fazer com a nossa dieta é reduzir a quantidade calorias. Mas estas podem ser subtraídas dos carboidratos, das gorduras e das proteínas, e uma das opções mais utilizadas para emagrecer é a dieta low carb.

Dieta low carb

Como seu nome o indica, a dieta low carb é uma dieta de baixo consumo de carboidratos, que é utilizada como recurso para perder peso sob diferentes formatos, pois há uma variedade de dietas low carb à nossa disposição.

dieta low carb

Este tipo de dieta não consiste em erradicar os carboidratos da dieta, mas em reduzi-los como fonte de energia diária e assim, tirar o papel prioritário que costumam ter na nossa alimentação habitual.

As dietas low carb são geralmente mais ricas em proteínas e gorduras, pois estes últimos nutrientes passam a apresentar em conjunto a maior parte das calorias do dia.

Além disso, as dietas low carb é de grande importância a escolha das fontes de carboidratos.

Dietas low carb funciona para emagrecer?

Muitos tendes ouvido que as dietas de baixo consumo de carboidratos funcionam para perder peso, mas colocam em risco a saúde ao oferecer uma alta proporção de gorduras e proteínas como fonte de energia. No entanto, uma análise de diferentes estudos concluí que não é bem assim.

As dietas de baixo consumo de carboidratos podem produzir semelhantes efeitos positivos sobre a pressão sanguínea, os níveis de glicose e lipídios no sangue, de modo que uma dieta baixa em gorduras reduz o excesso de peso.

Não obstante, é fundamental fazer uma diferença entre dietas de baixo consumo de carboidratos ou low carb e dietas sem o consumo de  carboidratos que podem causar cetose e aí sim, ter alguns efeitos colaterais, como mau hálito, tontura, falta de concentração e outros.

Além disso, as dietas cetogênicas são mais complexas de se levar a cabo e a sua duração deve ser limitada devido a que não podemos passar muito tempo sem consumir praticamente nada de carboidratos. Então, devemos saber que não é o mesmo de uma dieta cetogênica que baixa em carboidratos.

Uma dieta reduzida em carboidratos verificou produzir maior perda de peso do que uma dieta baixa em gorduras e devemos considerar que, se a diminuição no aporte de carboidratos é adequada, podemos obter não só perder mais quilos, mas continuar com o plano de emagrecimento a longo prazo.

Além disso, ao reduzir os carboidratos digeríveis (aqueles que não são de fibra), os benefícios são maiores, pois um estudo conclui que, ao fim de um ano, podem-se perder até 4 quilos mais do que com uma dieta reduzida em gordura e, além disso, diminuir os sintomas iniciais diabetes tipo 1 e 2 e, também, os fatores de risco cardiovascular.

Então, uma dieta low carb adequadamente planejada, que não se chegue a cetose e que incorpore carboidratos de boa qualidade, pode realmente ser útil para emagrecer e cuidar da saúde do organismo.

Como realizar uma dieta low carb

Como dissemos, para que uma dieta low carb ou baixa em carboidratos seja verdadeiramente útil para emagrecer e cuidar da saúde do organismo, devemos planejar corretamente a mesma e fazer uma correta seleção das fontes de carboidratos.

Então, nós vamos escolher, em sua maioria, carboidratos ricos em fibra ou não digeríveis e evitar ao máximo as fontes de carboidratos refinados, bem como de açúcares.

Os alimentos que mais nos ajudarão serão as frutas e legumes, bem como as leguminosas, frutos secos e sementes. Estes últimos, não só oferecem grande quantidade de fibras, mas que saciar o organismo somando proteínas e gorduras boas.

Variedade de produtos hortícolas, tubérculos e frutas frescas são a nossa principal fonte de carboidratos, mas claro, podemos consumir em poucas proporções, cereais integrais e acima de tudo, legumes, que têm menos carboidratos, mais fibra e proteínas do que os primeiros.

Também podemos lançar mão para cereais como a quinoa ou amaranto, que têm uma composição nutricional semelhante a das leguminosas e, por isso, oferecem mais proteínas, gorduras boas e fibras do que qualquer outro cereal integral que podemos consumir.

Por último, para que realmente seja uma dieta que beneficie a saúde, a maior parte da energia deve vir de boas fontes de proteína e gordura. Ou seja, vamos escolher carnes magras, peixe, clara de ovos e óleos vegetais, nozes, sementes, abacate como fontes de gorduras boas para o organismo. Para facilitar ainda mais, podemos utilizar as 101 receitas low carb na dieta para emagrecer, de modo que o preparo das refeições fica mais fácil de seguir.

Só cuidando estas características e com um planejamento adequado, que pode executar com êxito um profissional de nutrição, dietas low carb para emagrecer pode ser um grande recurso no processo de perda de peso.