A IMPORTÂNCIA DE CHAVES EM QUALIDADE COM OS CHAVEIROS

Atualmente as pessoas carregam em média 4 chaves ao sair de casa, desde chaves do carro e da residência, até chaves do armário da empresa ou escritório, entre outras. Perder o molho de chaves, ou ter elas roubadas são problemas que podem acontecer com qualquer um a qualquer hora, e a maioria já esqueceu uma chave no ônibus, na padaria, em algum bar, já deixou cair do bolso na rua ou até trancou o carro com a chave dentro. A ocorrência desse tipo de fato, a necessidade de fazer uma cópia de chave ou trocar o segredo de um cadeado ou fechadura são constantes, juntamente com a expansão da construção civil e da indústria de carros, faz o mercado de chaveiros crescer a cada dia. Eles são encontrados na maioria dos bairros das grandes cidades e estão sempre se adequando as necessidades do consumidor.

O chaveiro é o responsável por fabricar e fazer cópias de chaves, abrir e fazer manutenção de fechaduras, trocar segredos de cadeados, abrir fechaduras de casas e carros, extração de chaves quebradas e muito mais. Não há hora e nem lugar, basta um segundo de descuido, para acontecer alguma situação, como uma porta que não abre, ou uma chave perdida, em que o chaveiro é requisitado. Geralmente esses profissionais não precisam ter uma formação específica, porém tem grande experiência na área e fazem cursos profissionalizantes para se atualizar profissionalmente e desempenhar um bom trabalho, assim aumentando as opções de serviços e também possibilitando seu aumento de lucro.

abrir cadeado

Grande parte dos consumidores que necessitam do serviço de um chaveiro, são donos de residências, porém problemas com chaves e fechaduras, também ocorrem em escritórios, empresas e automóveis.

A demanda por chaveiros para automóveis nacionais e importados, tem aumentado significativamente nos últimos tempos, além dos casos típicos de perda das chaves ou esquecimento com a chave ficando trancada no interior do veículo, os casos de tentativa de arrombamento que deixam a maçaneta estragada, e o roubo do carro, que quando recuperado não está com as chaves são cada vez mais frequentes. Outros serviços como abertura de porta-malas, tanque de combustível, conserto de ignição também são oferecidos por alguns chaveiros.

Ao contratar esse tipo de serviço, são necessários alguns cuidados, como procurar sempre por chaveiros indicados por amigos ou recomendados por profissionais de outras áreas, verificar se o profissional é responsável, dinâmico, confiável, atualizado nas tendências de chaves, esclarecer as eventuais dúvidas e acompanhar o chaveiro durante a realização do trabalho, para evitar qualquer problema e garantir a excelência do serviço.

O serviço de chaveiro 24 horas, é um atendimento de emergência realizado 7 dias da semana, por profissionais capacitados, onde a qualidade, facilidade, segurança e principalmente a agilidade são essenciais e o chaveiro chega em poucos minutos para resolver o problema, é cada vez mais requisitado nas cidades. Uma família ao voltar de viagem e chegar em casa de madrugada, percebe que esqueceu a chave na praia, se encontra numa situação delicada, e ao ligar para o chaveiro 24 horas, resolve essa situação.

Para maiores informações, acesse: chaveirocuritiba.net

DICAS PARA MUDANÇA

O transporte de pequenas cargas e frete Curitiba, é um serviço estratégico que se mostra fundamental na sociedade, contribuindo em diversos setores da economia e auxiliando no desenvolvimento econômico. São utilizados pequenos e médios caminhões, onde o grande diferencial é a rapidez e segurança no transporte, sempre com a garantia de integridade dos objetos. São transportadas mercadorias de diferentes tipos, desde alimentos perecíveis, produtos de limpeza, roupas, ferramentas industriais até produtos de alto valor agregado. Geralmente o frete curitiba é realizado dentro do perímetro urbano da cidade, em sua região metropolitana, mas ocasionalmente pode ser feito para outras cidades e estados.

Uma das grandes demandas nesse tipo de serviço, são as mudanças em Curitiba. Sejam elas comerciais ou residenciais, é fundamental se organizar com antecedência e ter um planejamento na ponta do lápis. Primeiramente, é necessário listar todos os objetos que pretende levar para o novo imóvel, nesse levantamento pode ser verificado se há pertences inúteis, que estão guardados há muito tempo e que não serão aproveitados ou que não haverá espaço para eles, e que poderão ser vendidos ou doados para alguma instituição beneficente.

casal

Verifique se a empresa de transporte fornece os materiais para embalar e empacotar seus objetos, se não for o caso, adquira caixas, embalagens, plástico bolha, jornais e outros itens. Empacote com antecedência e deixe cada caixa identificada com o descritivo do conteúdo, lembrando sempre que a empresa não pode carregar armas, munições, substâncias químicas, explosivas, corrosivas, produtos inflamáveis ou qualquer objeto que possa causar danos à terceiros. Objetos frágeis e delicados, como taças e espelhos, devem ser embalados individualmente com plástico bolha e identificados com destaque. Lembrando sempre que itens de valor, como obras de arte e joias, documentos, plantas e animais, devem ser levados por você.

Dias antes da mudança, entre em contato com empresas prestadores de serviços, como por exemplo TV por assinatura e telefone, para solicitar a transferência de endereço, assim como empresas fornecedoras de gás, luz e água, seguradoras de carros, bancos e administradoras de cartões de crédito.

Se morar em condomínio, comunique ao síndico ou zelador o dia da mudança, para evitar coincidir com mudanças de outros moradores ou outras atividades, e para que reservem o elevador e a vaga para caminhão.

No caso de mudanças comerciais, devem ser feitas com um planejamento especial, com os funcionários participando desse processo e tomando cuidados extras, como separar os objetos em caixas identificadas por etiquetas coloridas, revisar os documentos importantes, desligar os equipamentos eletrônicos e organizá-los, definir um layout para o novo local, já que a área e a distribuição do novo espaço podem ser completamente diferentes do anterior, separar os objetos pessoais dos funcionários, como blocos de notas, laptops, calculadoras, enfeites de mesas, fazer backups dos arquivos importantes, seja em HD’s externos, pendrives ou em serviços de armazenamento na nuvem, como Dropbox e Google Drive.

grupo

Seja qual for o tipo de mudança, o planejamento e a organização serão sempre necessários, para que seja um processo tranquilo, simplificado e menos cansativo, assim reduzindo a chance dessa experiência ser desagradável e estressante.

MOMENTO ECONÔMICO AQUECE MERCADO DE USADOS

A crise econômica, o aumento do desemprego, a inflação, a redução do trabalho formal e o poder de compra do consumidor reduzido, tem afetado milhões de brasileiros nos últimos meses, enfraquecendo as vendas em diversos setores. O mercado de móveis foi bastante prejudicado, porém essa situação tem revelado grandes oportunidades para economizar, como por exemplo os móveis usados.

Ao comprar uma casa ou apartamento, logo se pensa em mobiliar esse imóvel e deixá-lo com a sua cara, porém no contexto econômico atual decorar o local com bom gosto parece improvável, por isso muitas pessoas estão preferindo apostar nos móveis usados. Além de seu preço baixo e design exclusivo em diversas vezes, um dos fatores que alavancou esse crescimento foi a mudança de mentalidade do consumidor, que outrora tinha um certo preconceito com esses produtos, e atualmente percebe que os itens em sua maioria são de ótima qualidade e enxerga neles uma excelente opção de economia, que pode chegar a 50%, sem falar da famosa pechincha junto ao vendedor, que pode diminuir ainda mais o valor. Outra vantagem a ser observada, é que o móvel sofre uma menor desvalorização numa futura venda, ou seja, a pessoa terá menos prejuízo ao vende-lo. Os móveis para cozinha, especialmente mesas, balcões, prateleiras, são bastante procurados pelo público, que deve levar em consideração o estado de conservação do produto, a procedência dos mesmos e a qualidade em seus acabamentos.

armarios

Diversas empresas recorrem aos móveis para escritório usados, como solução para a economia no investimento inicial. Escrivaninhas, armários, estantes, cadeiras, poltronas e outros diversos produtos, são encontrados com preços bastante atrativos em relação ao valor cobrado no produto novo. Além de prestar atenção na conservação dos móveis, observá-los com cuidado, a fim de não ter surpresas desagradáveis posteriormente, o empreendedor deve se atentar a ergonomia dos mesmos, pois os funcionários utilizarão no dia a dia.
Outro ponto a ser considerado, é a estética do escritório. Se é um ambiente de advocacia, medicina, contabilidade, os móveis usados rústicos podem trazem esse ar tradicional, vintage, retrô. Já no caso de ambientes mais informais, como agências de publicidade, marketing, moda ou design, pode ser alcançado um aspecto visual criativo, com a customização dos móveis. A proposta que se adapta mais ao segmento e naquilo que se busca apresentar ao público-alvo, cabe a decisão ao empresário.

cadeiras

Por outro lado, há muitas pessoas vendendo seus móveis, seja por mudança domiciliar, perda do emprego, separação conjugal, problemas familiares, dificuldade para pagar o bem adquirido. A motivação mais frequente é a mudança de casa, onde muitas pessoas não têm como guardar ou transportar os móveis e a melhor opção é vendê-los, conseguindo um bom dinheiro, ou até trocá-los por outros móveis que se adaptem ao novo imóvel.

A tendência da preocupação com a sustentabilidade que se encontra presente em diversas áreas de negócio, é outro fator determinante no aquecimento do mercado de móveis usados. A aquisição ou venda dos mesmos significa poupar madeira, economizar tinta e outros materiais, contribuindo para o meio ambiente. Essa prática é elogiada por diversos profissionais renomados, principalmente arquitetos, decoradores e paisagistas.